22 de set de 2008

Juros compostos - Parte 2

Diz-se que um capital “C” está aplicado a juros compostos quando o juro do primeiro período (j1) é acrescido ao capital primitivo (C), formando um novo capital (C1), que, por sua vez produzirá um novo juro (j2) no período seguinte. Este juro (j2) será acrescido ao capital (C1) formando novo capital (C2), e assimsucessivamente.

Nesta operação os juros produzem novos juros.

Image Hosted by ImageShack.us

C =
capital, capital inicial, capital primitivo, valor atual
i = taxa de juros compostos
n = período de aplicação(período de capitalização)
Cn = montante ou capital final

Entendendo a lógica do juros compostos

Exemplo prático:

José empresta R$ 1000,00 a João, a juros compostos de 3% a.m. capitalizado mensalmente. Quanto João deve pagar a José ao final de 4 meses?

Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us

Nenhum comentário: